Goju Ryu
     Goju-Ryu (goju ryu em japonês) é uma escola de karatê originária de Okinawa . É um estilo que mescla formas "rígidas, duras" (Go) com formas "suaves" (Ju), criado por Chojun Miyagi, aluno do mestre Kanryo Higaonna, maior autoridade do Naha Te em Okinawa. Mestre Miyagi após passar 4 anos na China, onde treinou os estilos Pa Kua Chang e Shaolin Chuan, voltou a Okinawa e, baseando-se no princípio do YIN-YANG (as energias negativa e positiva que regem o universo), ele uniu a flexibilidade das artes chinesas à rigidez do Naha-Te, criando o Goju-ryu - A Escola do Rígido e Flexivel. GO = RÍGIDO JU = FLEXÍVEL RYU= ESTILO    
     O Goju-ryu é o estilo de Karate que busca o equilíbrio dos opostos, das energias antagônicas e complementares. Ele ensina como agir: se com energia ou calma, rapidez ou suavidade. Caracteriza-se por optar por posições altas, mas estáveis e poderosas, mais próximas da luta de rua. Praticar Goju-ryu é aprender a ser como a água: fluída e sem forma, por isso pode assumir todas as formas; calma e suave, desviando-se dos obstáculos, ou revolta, mas ambas com o poder de passar por quaisquer obstáculos, mesmo os de aparência mais resistente.
     Por volta de 1921, começa uma grande demanda de Mestres de Okinawa, rumo ao Japão para ensinar e demonstrar a prática do Karate. Vários Mestres renomados começaram então a introduzir o Karate no âmbito das Artes Marciais Japonesas.

     Mestre Miyagi Chojun é convidado a ensinar Karate na Universidade de Kyoto, onde conhece o então praticante de Kendo (luta de espadas) Yamaguchi Gogen (1909 – 1989) e ficou impressionado com a disposição e a vontade incansável de aprender Karate, sua devoção e determinação ao Karate era tanta que logo Yamaguchi Gogen se tornou o aluno número 1 do Mestre Miyagi Chojun.

     Mestre Yamaguchi continuou sendo seu aluno e discípulo por vários anos, depois ficou responsável pelo Karate-do Goju-ryu no Dojo (local de treino) e mais tarde responsável pelo Karate-do Goju-ryu em todo o Japão.
     Segundo algumas fontes, após uma viagem feita a Shangai, na China, Mestre Miyagi Chojun resolve alterar alguns aspectos do estilo Goju-ryu, mas Mestre Yamaguchi Gogen recusa-se a aceitar essas mudanças, alegando que o método anterior era melhor. Mestre Yamaguchi Gogen começa então a formular suas próprias técnicas de Karate, agregando-as à religião Shinto “O caminho da natureza”, com árduos treinamentos nas montanhas, onde envolviam práticas de meditação, períodos de jejum, horas na posição “Sanchin” (posição de força), sob as águas gélidas das cascatas das montanhas, aumentando assim suas faculdades mentais e em muito sua resistência física.
     Este espírito de luta, junto a seus conhecimentos adquiridos, o mantiveram vivo, no período da Segunda Guerra Mundial, quando fora capturado pelo Exército Russo e enviado a trabalhos forçados no deserto gélido da Mongólia, por penosos 12 meses de cativeiro. Com o final da Guerra, Mestre Yamaguchi Gogen é repatriado pelo Japão.
Por volta de 1946, Mestre Miyagi Chojun apesar de ser já bem sucedido e ter muitos alunos, sente saudades de sua Terra Natal e resolve voltar à Ilha de Okinawa. Em 1948 Mestre Yamaguchi abre seu novo Dojo, restabelecendo o Karate-do Goju-ryu no Japão.

     Incorporado ao círculo das Artes Marciais japonesas, o estilo de Karate-do Goju-ryu do Mestre Yamaguchi Gogen começa a se espalhar de tal forma, que em pouco tempo sobrepuja o estilo Goju-ryu de seu Mestre Miyagi. Em 1950 Mestre Yamaguchi Gogen forma a J.K.G.A. (All Japan Karate-do Goju-kai Association) e em 1951 recebe o 10º Dan (grau máximo) das mãos do Mestre Miyagi Chojun.

     Em 08 de Outubro de 1953, aos 65 anos, falece o Mestre Miyagi Chojun, após dedicar uma vida inteira pela Arte do Karate, sua divulgação, sua prática e seu aprimoramento.

     Em 1969, Mestre Yamaguchi Gogen funda a I.K.G.A. (International Karate-do Goju-kai Association) orgão que regulamenta o estilo Goju-ryu do Mestre Yamaguchi no mundo todo. O Karate-do Goju-ryu se dividiu em duas vertentes: A linhagem da Ilha de Okinawa e a linhagem do Mestre Yamaguchi Gogen (Goju-kai) mesmo com alguns aspectos diferentes, ainda se mantêm a união em sua essência. Hoje o Karate-do Goju-ryu está presente em vários países e representa uma grande força nos Campeonatos pela Federação Mundial, a W.K.F. (World Karate-do Federation) .

     Em 20 de maio de 1989, aos 80 anos, falece o Mestre Yamaguchi Gogen, vítima de um ataque cardíaco, após uma vida devotada ao Karate e a sua divulgação. Último 10º Dan do estilo Goju-ryu em sua linhagem, Mestre Yamaguchi Gogen, foi grandemente respeitado enquanto viveu. Seus estudos constantes, tanto na Arte do Karate, como sua aplicação diária na própria forma de vida de seus praticantes, para o engrandecimento e elevação mental e espiritual, condicionando o corpo fisicamente, fizeram do Karate-do Goju-ryu um estilo de grande importância no âmbito das Artes Marciais Japonesas.

     Com a morte do Mestre Yamaguchi Gogen, assumiu seu filho, Mestre Yamaguchi Goshi, atualmente 9º Dan, é Presidente da J.K.G.A. e da I.K.G.A., responsável pela Goju-kai (Goju-ryu do Mestre Yamaguchi Gogen) em todo o mundo, com a missão e responsabilidade de dar continuidade às Tradições deixadas por seu pai.
Um site feito para amantes da milenar arte da luta
MUNDO MARCIAL