Tai Chi Chuan estilo "Chen"
     O estilo Chen; Pinyin: (Chénshì) de Tai Chi Chuan é o mais antigo entre os cinco estilos familiares tradicionais.
     Recebe seu nome da família Chen, originária de Chenjiagou, vila situada no distrito de Wen da província chinesa de Henan.
Há provas documentais sobre a prática deste estilo no século XVII pelo Mestre Chen Wangting (1600 - 1680).
     Um dos mais famosos professores deste estilo foi Chen Changxing (Pinyin: Chén Chángx
ing) (1771-1853), responsável pela transmissão da prática a Yang Luchan em 1820, o primeiro a aprendê-la sem ser membro da família Chen.
Chen Fake realiza a forma "xin jia" de Tai Chi Chuan estilo Chen.
     O Tai Chi Chuan praticado na família CHEN de Chen Jia Gou (Vilarejo Chen) é, até o momento, reconhecido como a mais antiga tradição de Tai Chi Chuan numa só família.
     Famosa por seus artistas marciais em quase todas as gerações, desde o século XVI, quando CHEN WAN TING, 9a. geração, teria criado o exercício do Tai Chi Chuan como a arte suprema que casava o exercício físico com exercício marcial, em exercício espiritual.
      Tendo criado a arte do Tai Chi Chuan, transmite-o à sua família que o mantém guardado como segredo durante três séculos, até que YANG LUCHAN seja o primeiro estrangeiro a aprendê-lo, em meados do século XIX, dando origem então, ao estilo YANG, o mais praticado no mundo.

     O estilo YANG, no começo, guardava as mesmas características do estilo CHEN, com explosões e espirais, assim como alternância de ritmos. Assim foi até os anos 30, quando YANG CHEN FU tira esses aspectos mais "difíceis" da forma para então criar o Tai Chi Yang como o conhecemos hoje em dia. Sem dúvida nenhuma foi uma evolução do Tai Chi em termos de eficiência em ambos os campos, combate e terapia energética (Chi Kung).

     No entanto, o estilo CHEN apresenta em si a raiz do estilo YANG como de todos os outros estilos reconhecidos: WU, HAO e SUN. Sendo de uma beleza natural, explora a energia espiral (SAN TZU JING), energia de explosão (FA JING) e energia da quietude (ZHANG ZHUAN). Esta arte provou sua eficácia durante os últimos séculos, sendo testada contra artistas marciais de todos os outros estilos, de todas as partes da China.
Atualmente o estilo CHEN tem três formas "clássicas", subdivididas em duas partes: uma maior e mais lenta, e outra conhecida como PAO CHUÍ, curta e rápida.
* LAO JIA (velho estilo) , PAO CHUÍ LAO JIA
* XIAO JIA (pequeno estilo), PAO CHUÍ XIAO JIA
* XIN JIA (novo estilo), PAO CHUÍ DA XIN JIA
LAO JIA
      A LAO JIA data dos finais dos anos 1700, quando CHEN CHANGXING, 14a. geração, resolve resumir várias formas que eram trabalhadas isoladamente, em sequências contínuas.
É praticado até hoje no Vilarejo Chen.

     É uma forma limpa, com todas as características essênciais do Tai Chi, dando ênfase, principalmente, à energia espiralada (SAN TZU JING), aos movimentos lentos e simples. Esta é a forma que originou o estilo YANG, de YANG LUCHAN, e através deste o estilo Yang de YANG CHENG FU, e o estilo WU de WU JIAN QUAN.

      A LAO JIA é a primeira forma a ser ensinada de preferência pelo MESTRE CHEN XIAO WANG, 19a. geração e atual representante da mais completa maestria do estilo CHEN.
      A PAO CHUÍ da LAO JIA também data dos 1700 como forma em sequência. Constituindo-se 80% em FA JING, energia da explosão. Exige uma preparação especial para não se ferir interna ou externamente.
XIAO JIA
     A XIAO JIA foi criada no começo do século XIX por CHEN YOU BEN e por ter movimentos mais compactos, foi denominada de Pequena Forma ou XIAO JIA. Esta é a origem dos estilos WU de WU YU SHIAN, estilo HAO, e do estilo SUN de SUN LU TANG.
XIN JIA
      A XIN JIA é a mais recente e conhecida forma de CHEN. Data dos anos 1940/1950. Criada por CHEN FAKE, 17a. geração, um grande mestre, e o primeiro da família CHEN a ir para Pequim no intuito de divulgar o CHEN TAI CHI. CHEN FAKE, avô de CHEN XIAO WANG, acrescentou espirais á LAO JIA dando a ênfase à aplicação dos 'CHIN NA' ou chaves de torção.

     A XIN JIA e a PAO CHUÍ da XIN JIA foram reunidas para criar a forma de competição de 56 movimentos, que foi criada pelo governo chinês, sob a supervisão de CHEN XIAO WANG, e é a forma mais divulgada deste estilo, junto cm as formas de 38 e 19 posturas, ambas criadas por CHEN XIAO WANG.
Chen Changxing
     Mestre Chen Changxing (Pinyin: Chén Chángxing; Wade-Giles: Ch'en Chang-hsing) (1771 - 1853) foi um famoso praticante de artes marciais e professor de Tai Chi Chuan estilo Chen, pertencendo à sexta geração de mestres do estilo da família Chen.
     A personalidade de Chen Changxing foi descrita como irreverente. Por sua postura ereta, recebeu o apelido "Sr. Tabuleta Ancestral".
     Foi o responsável pela transmissão da prática a Yang Luchan em 1820, o primeiro a aprendê-la sem ser membro da família Chen. Assim, também está na origem da linhagem do Tai Chi Chuan estilo Yang.
Chen Changxing é um personagem misterioso e controverso. Há muita discussão sobre que estilo da arte marcial realmente ensinou realmente a Yang Luchan.
CHEN CHANXING
     Alguns estudiosos sugerem que Chen Changxing praticava e ensinava um estilo da arte marcial que não fazia parte da tradição das artes marciais da família de Chen, que lhe foi passada diretamente ou indiretamente por um mestre de Taijiquan conhecido como Jiang Fa.

     Outra teoria sugere que Chen Changxing estruturou seu próprio estilo a partir seleção e combinação de elementos das rotinas tradicionais da família de Chen.

     Estas duas teorias são algumas das diversas hipóteses que tentam explicar porque o Taijiquan que os descendentes de Yang Luchan praticam atualmente é substancialmente diferente das rotinas modernas praticadas pela família Chen. Como nenhuma destas teorias pode ser comprovada por documentos, permanece a controvérsia. Na "Genealogia da família Chen" é apontado como um instrutor das artes marciais, mas não há indicações sobre o estilo que ensinou.
Um site feito para amantes da milenar arte da luta
MUNDO MARCIAL