MUNDO MARCIAL
Brasil
     Quando se fala em em arte marcial brasileira, pra muita gente o único nome que vem à mente é a Capoeira. Ela se diferencía de todos os outros estilos por não ser considerado apenas uma arte marcial mas também uma mistura de  luta, dança, cultura popular, música e brincadeira.  Mas em 1917 o mestre de judô Mitsuyo Maeda ensinou à Carlos Gracie,  filho de Gastão Gracie o qual tinha grande afinidade, E este repassou aos seus irmãos entre eles Hélio Gracie, que se especializou  em NE-WAZA que trata das técnicas de solo no Judô e desenvolvendo o mundialmente conhecido "Jiu-Jitsu Brasileiro".
     Mas o que vai causar mais supresa pra muita gente (como aconteceu comigo),  é que mais um estilo ainda seria desenvolvido nas terras tupiniquins.  Em 1975 João Alberto Scherk (professor de Educação Física e Faixa Preta de Shinkokan Karate-Do), idealizou o  Taiyando, e mais recente ainda quando fazia busca sobre detalhes do Taiyando, encontrei o “Lop Kuen Do”(cantonês) ou “Na Quan Dão” (mandarin), desenvolvido pelo mestre Luiz Barbosa. Descobri também o estilo "Chi Tao Ki" mas deste, não consegui material o suficiente, e por aí vai...
Capoeira
Gracie Jiu-Jitsu
Taiyando
Chi Tao Ki
Lop Kuen Do
Fei Lung Chuan Tao wushu
Kan Chuan Tao wushu
Kata Shubu do Ryu
Kombato
Luta Marajoara
Ninjutsu Taifujutsu Tamashido (?)
Morganti Ju-jitsu
Salamandras "Guerreiros do fogo"
Sheng Gen Tao wushu
Maculele
Amiji-Kin
Equido
Juatedo
Kiodo
Juatedo
Shobu Ryu
Um site feito para amantes da milenar arte da luta
"Dicas para comprar no MERCADOLIVRE"